O técnico da seleção de futebol do Vietnã, o português Henrique Calisto, explica que a poluição das motos e fábricas que existem na cidade prejudicam a saúde das pessoas. Mas não há uma estatística oficial sobre os problemas de saúde causados pelo problema ambiental.

- É muito grande a poluição aqui no Vietnã. As pessoas procuram se proteger - diz.

As emissões de gases das motocicletas são, em média, nove vezes maiores do que as emitidas pelos carros. E os vietnamitas passaram a trocar as bicicletas pelas motos como o principal meio de locomoção pelo país. Calisto cita como exemplo a cidade de Ho Chi Minh, historicamente mais conhecida como Saigon, mas que teve o nome trocado em 1975 após a derrota americana na Guerra do Vietnã.

- Lá existem oito milhões de pessoas e quatro milhões de motos. Imagina como é a quantidade de monóxido de carbono no rosto de quem vem atrás no trânsito - explica.

Por Thiago Lavinas - Globo.com - 30 de Julho de 2008