"O Tribunal do Povo de Hanói considerou culpado Nguyen Viet Chien de abuso das liberdades democráticas para violar os interesses do Estado. A sentença é de dois anos de prisão", disse o juiz que presidiu o processo, Tran Van Vy.

O tribunal do regime comunista absolveu outros dois acusados, um jornalista e um policial.

Agence France Presse - 15 de Outobro de 2008